Turbante J.O.

21 03 2008

Não poderíamos começar a falar sobre a raça Mangalarga sem falar em quem foi o seu principal expoente.

José Oswaldo Junqueira se dedica há mais de 60 anos à criação, evolução e seleção do Mangalarga. É de sua criação o maior garanhão da história da raça Mangalarga, o lendário

Dadazio com a esposa Ângela, Deise Galhanone e Claudia Junqueira

Turbante J.O., que segundo o criador sempre teve todos os requintes de um grande reprodutor: pedigree, morfologia, funcionalidade e capacidade para imprimir as suas qualidades fundamentais para um cavalo de sela.

Turbante J.O. nasceu em 23 de dezembro de 1969, em São José do Rio Pardo, na Fazenda Santa Amélia; pertence à terceira geração dos animais da linhagem J.O.. Carregando a herança de seus antecedentes, Turbante J.O. nasceu trazendo para seu criador a esperança de que seria um grande garanhão. Segundo ele, esta esperança se confirmou com as primeiras participações de Turbante J.O. nas pistas de julgamento das exposições. Apesar dos bons resultados, sua vida em pistas de julgamento foi curta. Um acidente com o animal fez com que o criador desistisse de levá-lo a esse tipo de competição.
A permanente preocupação de José Oswaldo com o futuro da raça e com a socialização das qualidades do reprodutor para um maior número de criadores fez de Turbante J.O. o maior reprodutor Mangalarga. No serviço de Registro Genealógico da ABCCRM, por exemplo, Turbante J.O. tem, mais de 1.600 filhos registrados, número que faz do garanhão um recordista mundial.
Esse número, é evidente, somente foi possível com os métodos de reprodução artificiais adotados pela Fazenda Santa Amélia e, hoje, muitos criadores possuem descendentes de Turbante J.O.. Descendentes que, inclusive, têm conquistado muitas premiações nas pistas de julgamento das exposições da raça.

Turbante e José Oswaldo Junqueira


Ações

Information

2 responses

1 05 2009
Jaqueline Lisboa Paulista

Olá tudo bem? meu nome é Jaqueline sou filha do Dico que foi domador do filho do Turbante JO o Gandy… do criador Joaquim Romeiro Fontes… meu pai hoje ja é falecido á 8 anos e eu nasci na fazendA Santa Amelia em São José do Rio Pardo-SP… meu pai falava muito do Marcelo do Sr José Oswaldo Junqueira… tenho saudades bjos fiquem com Deus

3 06 2009
FELIPE

OLA JACKELINE SE SABE ME DIZER SE TEM UM SITE DA FAZENDA SANTA AMELIA ONDE EU POSSA VER TODOS OS FILHOS E MATRIZES DO CRIATORIO
OBRIGADO FELIPE

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: