Como entrar neste mundo tão fascinante, que é o dos cavalos?

26 03 2008

Primeiro de tudo é bom iniciarmos um contato maior com os cavalos, a fase que denominamos “Aprendizado”.  Aqui vale tudo, como começar alugando cavalos aos finais de semana, indo para o sítio do amigo, do tio, do avô e tendo uma iniciação gradual.  

Outra opção é procurar uma escola de equitação ou um centro de treinamento perto de você, onde você possa começar dando os primeiros passos acompanhado de profissionais que entendem do assunto. Eles serão importantes no seu aconselhamento das etapas posteriores. Tente conhecer e ter contato com os mais diferentes tipos de animais para que você possa começar as definir os seus gostos. Seja observador, pergunte, tente ajudar. Você nunca aprenderá, se não colocar a mão na massa: ajude a arreiar o seu cavalo, lavá-lo, descubra o que ele come, quantas vezes por dia, por que ele faz isso, aquilo, resumindo, se interesse pelo assunto. 

Escolhendo um centro de treinamento: Não se deixe levar pela primeira impressão e pela animação de finalmente estar envolvido com cavalos. Avalie o lugar, as condições dos animais, o tratamento, a estrutura do local, a existência ou não de piquetes, pistas de treino, redondel, lugar seco e em bom estado para guardar a sua sela e tralhas, a proximidade da sua casa, o acesso, etc. Aqui o que vale é o bom senso.

O local deve ser limpo, as cocheiras não devem estar sujas com excesso de esterco no chão, barro ou estarem molhadas. Elas são como “camas” e devem ser limpas regularmente, evitando assim problemas futuros nos cascos e outras enfermidades.

Que baia limpa... 

Avalie o cuidado com os animais, se eles são tratados com respeito e carinho que merecem. Ao menor sinal de uso de força ou castigo aos animais, aborte a missão e procure outro local, pois certamente você não está no lugar ideal para aprender. 

Leve em conta a presença de profissionais e professores bons e educados, pois serão eles que o ajudarão no processo de aprendizado e um bom relacionamento é importantíssimo para fazer deste lugar uma opção agradável. Nos centros de treinamento, existem opções mais baratas às cocheiras, que são os pastos e piquetes. Estas opções não são tão charmosas como as anteriores, mas tem a vantagem de o cavalo ficar mais tempo livre e poder se exercitar sozinho.

Caso faça esta opção, verifique, pois os pastos devem ser visualmente bonitos, amplos e com cercas bem feitas. É preferível que não sejam de arame farpado para evitar riscos na pelagem dos animais e também não estragarem as crinas e rabos. 

 

Fiquem atentos a pastos ressecados ou pisoteados em que você tenha a sensação de excesso de animais para aquele local. Vale sempre lembrar que capim é a base da alimentação eqüina (chamado tecnicamente de volumoso) e que deve ser dado ao cavalo em grande quantidade. Nos pastos maiores o capim que eles pastam é suficiente e nos ambientes menores normalmente a suplementação é feita com capim picado ou feno. 

Quando comprar seu próprio cavalo?

Não tenha pressa. Se pudéssemos dar uma dica, ela seria esta. Aproveite esta iniciação para definir quais são os seus reais objetivos com os cavalos e os seus gostos.

  • Qual o uso que pretende fazer?
    Quer um cavalo para passear aos finais de semana ou gosta de uma modalidade eqüestre e quer aprendê-la?
  • Qual o seu conhecimento e habilidades? Já monta? Há quanto tempo?
  • Quanto você pretende investir?
  • Já sabe dos outros gastos que a criação de um cavalo envolve?

 O uso que você pretende fazer, determinará qual raça ou tipo de animal que é o mais indicado para você. Comece com as aulas, ou passeios a cavalo e não se preocupe em logo comprar um cavalo.  

Analise muito bem todas as possibilidades, procure informação em sites de Internet, revistas, e livros, converse com veterinários, pessoas do meio e que estão mais acostumadas com as características deste mercado para você não bater cabeça e poder aproveitar ao máximo este hobby que pode ser tão prazeroso. 

FAÇA DESTE BLOG UM ALIADO.

Pergunte, escreva, exponha as suas dúvidas. Será sempre um prazer ajudar mais um amigo com o mundo do cavalo. E também não somos donos da verdade e sempre que não soubermos iremos procurar as informações com os especialistas, com os amigos do meio, nos livros e em tantos outros lugares que podemos encontrar estas informações. 

No próximo “post” daremos sequência a este texto, aprofundando mais a “Compra do Cavalo”.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: